Pesquisar neste blogue

Tradutor

segunda-feira, janeiro 22, 2018

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, 27 Janeiro 2018, 10h30

Sessão Evocativa do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto
Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa, sala 5.2
sábado, 27 janeiro 2018 10:30
A Cátedra de Estudos Sefarditas Alberto Benveniste evoca o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto,

Programa:
Alexandra Aníbal - O Arquivo dos Diários. Um contributo para a preservação da memória histórica em Portugal
O Poder das Palavras. Leitura de testemunhos sefarditas do Holocausto
Cláudia Ninhos - O Ensino do Holocausto em Portugal no pós-25 de Abril
Organização: Cátedra de Estudos Sefarditas Alberto Benveniste (FLUL), em parceria com a Associação dos Professores de História e a Associação Arquivo dos Diários

Ver mais em


Ver também o grande evento recordando Aristides de Sousa Mendes em Salt Lake City, Utah

Circular 14: The Apotheosis of Aristides 

– Presented by The Utah Youth Orchestras and Ensembles and Sousa Mendes Foundation

January 27, 2018 (7:00 pm - 9:00 pm)
Tabernacle 50 West North Temple, Salt Lake City, UT, 84150
Circular 14: The Apotheosis of AristidesThe Utah Youth Orchestras and Ensembles present the world premiere of the dramatic oratorio Circular 14: The Apotheosis of Aristides by Neely Bruce
The concert, conducted by Barlow Bradford, will be held on the occasion of International Holocaust Remembrance Day 2018 and highlights the inspiring true story of Aristides de Sousa Mendes, a Holocaust rescuer who saved thousands of refugee families escaping Nazi-occupied Europe in 1940.
Soloists include David Sauer, tenor; Michelle Pedersen, soprano; Andrew Neumayer, baritone; Adam Griffiths, tenor; and Elizabeth Peters, soprano. The narrator is the actor Michel Gill. Featuring the University of Utah Chamber Choir, the University of Utah A Cappella Choir, and the choirs of Syracuse High School (Syracuse), Pineview High School (St. George), American Heritage School (American Fork), Alta High School (Sandy), Westlake High School (Saratoga Springs), Woods Cross High School (Woods Cross), and Hillcrest High School (Midvale). Salt Lake County Mayor Ben McAdams will deliver opening remarks. Tickets are required.
For tickets and more information visit the event page at lds.orgVer https://www.templesquare.com/events/circular-14-the-apotheosis-of-aristides/  e http://sousamendesfoundation.org/event/musical-performance-in-utah/



quarta-feira, janeiro 17, 2018

Terras de Aristides e Angelina convidam para a Feira da Pinha e do Pinhão, Carregal do Sal

Carregal Digital / O Concelho / Notícias / Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal

Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal

Nos dias 19, 20 e 21 de janeiro de 2018, todos os caminhos vão dar à “Feira da Pinha e do Pinhão | Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal”, em Carregal do Sal!
Vinhos, gastronomia, petiscos, animação, etnografia, artesanato… assim vai ser a 4.ª edição do certame “Feira da Pinha e do Pinhão | Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal”, promovido pela Câmara Municipal local e Associação de Produtores Florestais do Planalto Beirão e apoiada pela Turismo Centro de Portugal…
Stands de empresas relacionadas com a fileira do pinheiro manso, institucionais, produtores de vinho, queijos e enchidos, doçaria tradicional e restauração concelhias, vão ocupar a tenda coberta implantada em espaço contíguo ao edifício da Câmara Municipal de Carregal do Sal. E, no exterior, não vão faltar as tradicionais rulotes de farturas, o pão na pedra e muito mais num total de 100 expositores…
No dia 19 de janeiro (6.ª feira), a Feira abre as suas portas às 18 horas, com a inauguração pelo Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, precedida por uma sessão solene no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 16horas.
No dia 20 de janeiro (sábado), as portas da Feira abrem às 10h e continuarão assim até cerca das 2 horas da manhã. 
O último dia, com horário das 10 às 23 horas, terá como especial enfoque e atração o Programa da TVI “Somos Portugal” que, a partir das 12h30, dará ainda mais vida à Feira da Pinha e do Pinhão e que termina o direto com o já tradicional Brinde ao Pinhão.
De 19 a 21 de janeiro, visite a Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal!
Data de Publicação: 12/01/2018

Terras de Aristides e Angelina convidam para a Feira da Pinha e do Pinhão, Saberes e Sabores de Carregal do Sal

Carregal Digital / O Concelho / Notícias / Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal

Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal

Nos dias 19, 20 e 21 de janeiro de 2018, todos os caminhos vão dar à “Feira da Pinha e do Pinhão | Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal”, em Carregal do Sal!
Vinhos, gastronomia, petiscos, animação, etnografia, artesanato… assim vai ser a 4.ª edição do certame “Feira da Pinha e do Pinhão | Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal”, promovido pela Câmara Municipal local e Associação de Produtores Florestais do Planalto Beirão e apoiada pela Turismo Centro de Portugal…
Stands de empresas relacionadas com a fileira do pinheiro manso, institucionais, produtores de vinho, queijos e enchidos, doçaria tradicional e restauração concelhias, vão ocupar a tenda coberta implantada em espaço contíguo ao edifício da Câmara Municipal de Carregal do Sal. E, no exterior, não vão faltar as tradicionais rulotes de farturas, o pão na pedra e muito mais num total de 100 expositores…
No dia 19 de janeiro (6.ª feira), a Feira abre as suas portas às 18 horas, com a inauguração pelo Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, precedida por uma sessão solene no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 16horas.
No dia 20 de janeiro (sábado), as portas da Feira abrem às 10h e continuarão assim até cerca das 2 horas da manhã. 
O último dia, com horário das 10 às 23 horas, terá como especial enfoque e atração o Programa da TVI “Somos Portugal” que, a partir das 12h30, dará ainda mais vida à Feira da Pinha e do Pinhão e que termina o direto com o já tradicional Brinde ao Pinhão.
De 19 a 21 de janeiro, visite a Feira da Pinha e do Pinhão| Saberes e Sabores de Terras de Carregal do Sal!
Data de Publicação: 12/01/2018

quarta-feira, dezembro 27, 2017

A Casa do Passal acolheu as "Memórias de um neto"


No passado dia 23, em plenos preparativos para o Natal beirão, a Casa do Passal acolheu a apresentação do mais recente livro de António Pedro Moncada Sousa Mendes, "Aristides de Sousa Mendes – Memórias de um neto", com chancela "Desassossego". 

Na mesa, além do autor, um dos 39 netos de Aristides e Angelina Sousa Mendes, estiveram o Dr. Luís Fidalgo, da Fundação Aristides de Sousa Mendes, e o Dr. Rogério Mota Abrantes, Presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal.

Para um público largamente conhecedor da obra e do legado de Sousa Mendes, constituído por amigos, professores e personalidades da região, o momento foi de íntima e calorosa partilha e reflexão acerca dos valores inerentes ao Acto de Consciência e à sua transversalidade e pertinência no contexto da actualidade global.

Pela voz do Dr. Rogério Mota Abrantes foi também dado a conhecer um calendário preliminar para a realização do projecto de Museu memorial a Sousa Mendes na Casa do Passal, que se prevê possa estar concluído até ao final de 2019.

Imagens do evento na notícia do Farol da Nossa Terra.
Saiba mais sobre o livro na página da editora Saída de Emergência / Desassossego.

Imagem: Lino Dias / Farol da Nossa Terra

quarta-feira, novembro 29, 2017

Rotas da Sefarad prontas a receber visitantes



O PROJETO “ROTAS DE SEFARAD”  LANÇA  UMA REDE DE 17 MUNICIPIOS QUE RECUPERARAM OS VESTÍGIOS DA PRESENÇA DE JUDEUS SEFARDITAS DURANTE SÉCULOS E PREPARA-SE PARA RECEBER VISITANTES E ESTUDIOSOS.

No total, são 17 as intervenções materiais realizadas, segundo Celeste Amaro, a diretora da DRCC Direção Geral da Cultura Centro ressalva ainda as mais-valias deste projeto no que concerne à promoção do turismo judaicao e o turismo cultural em geral.

“É uma rota muito interessante e com um potencial enorme porque dá a conhecer a história dos judeus em Portugal e que, simultaneamente, diz muito do que somos enquanto país ao nível do diálogo intercultural e religioso. Além disso, será uma nova oferta cultural que também deverá contribuir para potenciar o setor do turismo judaico nestes territórios”, referiu.

O facto de a rota abarcar “uma boa parte do país” e de poder apoiar a dinamização de municípios do Interior são também aspetos sublinhados por Celeste Amaro, da DRCC.

1. Memorial e Centro de Documentação Bragança Sefardita
2. Hejal (Centro Paroquial da nossa Senhora da Vitória no Porto)
3. Sinagoga de Vila Cova à Coelheira (Vila Nova de Paiva)
4. Museu Bandarra (Trancoso)
5. Memorial de Aristides de Sousa Mendes em Vilar Formoso e a Sinagoga de Malhada Sorda (Almeida)
6. Casa da História Judaica da Raia Sabugalense (Sabugal)
7. Museu Judaico (Belmonte)
8. Casa da Memória Sefardita António Ribeiro Sanches (Penamacor)
9. Casa da Memória Judaica e dos Cristãos-Novos (Castelo Branco)
10.  Centro de Diálogo Interculturas de Leiria (Leiria)
11.  Sinagoga de Tomar
12. Centro de Interpretação Garcia D’Orta (Castelo de Vide)
13. Story Center dedicado à presença Judaica na Idade Média (Torres Vedras)
14. Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição (Alenquer)
15. Musealização do Museu Judaico de Belmonte
16. Casa da História Judaica de Elvas
17 Casa da Inquisição (Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz).

“O projeto encerra no final de dezembro e teremos uma taxa de execução de cerca de 95%, com um investimento total que, incluindo as verbas municipais, acaba por traduzir-se em mais de sete milhões de euros”, disse à agência Lusa Celeste Amaro, diretora da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC), entidade designada como operadora deste programa.

“Os municípios também se empenharam muito nos projetos e, com isso, conseguimos ter aqui uma rota de mais de sete milhões de euros que nos permite preservar a identidade e cultura judaica do país, ao mesmo tempo, que nos permitiu valorizar o património local e o território”, disse.

Denominado “Rotas de Sefarad, Valorização da Identidade Judaica Portuguesa no Diálogo de Culturas”, este projeto foi lançado em junho de 2014, tendo como entidade promotora a Rede de Judiarias de Portugal e um financiamento assegurado de 4,7 milhões de euros, sendo quatro milhões do EEA Grants e mais 705 mil euros do Estado Português. O projeto teve também o envolvimento do Museu do Holocausto de Oslo.

Segundo os dados da DRCC, a essas verbas juntaram-se ainda os cerca de 2,5 milhões de euros, assegurados pelos municípios onde foram realizadas as intervenções.

O EEA Grants é um mecanismo europeu financiado pela Noruega, Luxemburgo e do Lichenstein, que apoiou em quatro milhões de euros o projeto “Rotas de Sefarad”, cuja cerimónia de encerramento está marcada para terça-feira, às 15h00, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, estando prevista a presença do ministro da Cultura, Luís Castro Mendes.

http://www.mediotejo.net/rotas-de-sefarad-encerra-com-execucao-de-95-e-investimento-superior-a-sete-me/






quinta-feira, novembro 23, 2017

GALP - uma empresa parceira na reflorestação?

Os incêndios deste Verão em Portugal representaram perdas graves a diversos títulos - humanas e materiais, em primeiro lugar, mas também outras, cujo impacto se dará a conhecer apenas a médio ou longo prazo: as perdas ambientais, de biodiversidade, e o seu impacto no valor patrimonial e cultural das regiões, com tradução no turismo e na economia em geral.

Mas à resistência das populações, há a acrescer a mobilização de algumas empresas que estão a contribuir, dentro da sua responsabilidade social, para a reflorestação: veja-se o exemplo da GALP, cujos trabalhadores estão hoje na Serra do Açor a proceder à plantação de 5000 árvores. Excelente iniciativa, que muito honra as empresas portuguesas!

Ao CEO da GALP, Carlos Nuno Gomes da Silva, deixamos o convite para visitar o distrito de Viseu. Seremos seus guias para conhecer a aldeia-berço de Angelina de Sousa Mendes, Beijós, o riquíssimo património desta região onde pontua a Casa do Passal e o seu futuro Museu - e quem sabe aliar-se à nossa população para ajudar a reabilitar um dos concelhos mais afectados pelos incêndios.


Mais sobre esta iniciativa, o movimento Terra de Esperança e a responsabilidade social da GALP, aqui.


foto: Imagens de Marca / SIC

Limpeza étnica em curso - Myanmar expulsa Rohingya 2017

As notícias de limpeza étnica não acabaram com o fim da Segunda Guerra Mundial WWII. 
Segundo o livro de "Francis Wade, Myanmar's Enemy Within" o poder de forças como nacionalismo e religião pode ser abusado e levar à explosão de violência étnica entre comunidades diferentes. 
O livro, publicado antes da maiores atrocidades, descreve como elas poderiam vir a acontecer.  E aconteceram, com base numa "narrativa bizarra" de que a minoria muçulmana representa uma ameaça para a maioria budista num país de 53 milhões. 
Qual foi a faísca? A faísca foi o culminar de  campanhas de ódio com anos e décadas, agressivas e progressivas,  já neste século, o século XXI.


VER The Economist, the book that foresaw the assault on the Rohingya muslim minority  https://www.economist.com/news/books-and-arts/21730132-francis-wade-predicted-miserable-fate-myanmars-hated-muslim-minority-book
Quem são http://observador.pt/2017/09/13/quem-sao-os-rohingya-e-por-que-fogem-de-myanmar/ ,
Genocídios recentes http://amigosdesousamendes.blogspot.pt/2012/08/hard-to-believe-genocide-in-our-times.html